Vacinas

De olho na carteira de vacinação! Algumas vacinas podem ser necessárias antes de você pensar em pisar em países como Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela e Suriname, que exigem vacinação contra a febre amarela.  A vacinação deve ocorrer dez dias antes da viagem.

Mas não importa para onde você vai: mantenha atualizada sua vacinação. As básicas são contra: difteria, tétano, coqueluche, sarampo, caxumba, rubéola e hepatite B. Mas, por precaução, pesquise se seu destino necessita de alguma imunização específica e qual o período ideal para isso. Uma pesquisa prévia pode economizar futuros incômodos!

País
Vacinas Exigidas
Recomendações
Afeganistão
Poliomielite
Exige Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia contra a Febre Amarela de viajantes procedentes de países com risco de transmissão. Cuidados contra a Malária.*  
África do Sul
Cuidados contra a Malária.*  
Alemanha
Arábia Saudita
Cuidados contra a Malária.*  Aumentar o cuidado com a higiene das mãos. Caso apresente febre acompanhada de outros sintomas respiratórios após retornar de viagem procure um serviço de saúde e informe seu roteiro de viagem.
Argentina 
Cuidados contra a Malária.*  
Armênia
Cuidados contra a Malária.*  
Austrália
Exige Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia contra a Febre Amarela de viajantes procedentes de países com risco de transmissão. 
Bahamas
Exige Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia contra a Febre Amarela de viajantes procedentes de países com risco de transmissão da febre amarela, inclusive de viajantes que apenas fizeram conexão em um desses países. Cuidados contra a Malária.*
Bolívia
Exige Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia contra a Febre Amarela de viajantes procedentes de países com risco de transmissão da febre amarela, inclusive de viajantes que apenas fizeram conexão em um desses países. Cuidados contra a Malária.*
Camboja
Exige Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia contra a Febre Amarela de viajantes procedentes de países com risco de transmissão da febre amarela, inclusive de viajantes que apenas fizeram conexão em um desses países. Cuidados contra a Malária.*
Canadá
Chile
Para prevenir-se da febre do Zika utilize roupas que protejam contra picadas de insetos, como mangas compridas, calças e sapatos fechados. Aplique repelente à base de DEET (N-N-Dietilmetatoluamida) nas áreas expostas da pele seguindo a orientação do fabricante. Em crianças menores de 2 anos de idade não é recomendado o uso de repelente sem orientação médica e entre 2 e 12 anos usar concentrações até 10% de DEET, no máximo três vezes ao dia.
China
Para prevenir-se da influenza, evite contato com pessoas doentes, lave as mãos com água e sabão ou higienize-as com álcool gel várias vezes ao dia. Caso apresente os sintomas da gripe, que são febre acompanhada de tosse ou dor na garganta e dor de cabeça, procure atendimento em um serviço de saúde. Cuidados contra a Malária.*  
Cingapura
Cuidados contra a Malária.*  
Colômbia
Febre Amarela
Cuidados contra a Malária.*  
Coreia do Norte
Cuidados contra a Malária.*  
Coreia do Sul
Cuidados contra a Malária.*  
Costa Rica
Cuidados contra a Malária.*  
Cuba
Intensifique os cuidados com higiene das mãos e segurança da água e alimentos consumidos. 
Dinamarca
Egito
Cuidados contra a Malária.*  
Espanha
Estados Unidos
Filipinas
Cuidados contra a Malária.*  
França
Grécia
Cuidados contra a Malária.*  
Honduras
Cuidados contra a Malária.*  
Índia
Cuidados contra a Malária.*  
Inglaterra
Irlanda
Itália
Jamaica
Cuidados contra a Malária.*  
Japão
Kuwait
Malásia
Cuidados contra a Malária.*  
México
Intensifique os cuidados com higiene das mãos e segurança da água e alimentos consumidos. Cuidados contra a Malária.* 
Marrocos
Nigéria
Febre Amarela
Cuidados contra a Malária.*  
Noruega
 
Panamá
Febre Amarela
Cuidados contra a Malária.*  
Paquistão
Poliomielite
Cuidados contra a Malária.*  
Paraguai
Febre Amarela
Cuidados contra a Malária.*  
Peru
Febre Amarela
Cuidados contra a Malária.*  
Polônia
Portugal
Romênia
Rússia
Cuidados contra a Malária.*  
Síria
Sudão
Febre Amarela
Cuidados contra a Malária.*  
Suécia
Suíça
Tailândia
Cuidados contra a Malária.*  
Tunísia
Turquia
Cuidados contra a Malária.*  
Ucrânia
Uruguai
Venezuela
Febre Amarela
Cuidados contra a Malária.*  

Fonte: Informações retiradas da Organização Mundial de Saúde - OMS e Anvisa (http://www.anvisa.gov.br/viajante/)

*Malária é uma doença transmitida pela picada de mosquitos que causa febre alta acompanhada por calafrios, suor e dor de cabeça. Se você apresentar esses sintomas até seis meses após o retorno, mesmo que tenha realizado quimioprofilaxia, informe o profissional de saúde acerca do roteiro de sua viagem. Para se proteger utilize habitações com proteção contra o mosquito, como ar-condicionado e telas de proteção nas portas e janelas, e use mosquiteiro; utilize roupas que protejam contra picadas de insetos, como mangas compridas, calças e sapatos fechados; ao utilizar repelentes lembre-se que são produtos químicos tóxicos. Leia os rótulos das embalagens antes do seu uso e evite o contato do produto com as mucosas (partes úmidas) dos olhos, nariz e boca. Em caso de exposição prolongada a mosquitos e de temperatura ambiente superior a 30°C o produto deve ser reaplicado na superfície da pele de acordo com as instruções do fabricante. São grupos de risco para formas graves da doença: não reside atualmente em área com transmissão de malária; criança menor de 5 anos, gestante, idoso; esplenectomizado ou portadoras de hiv/aids, neoplasia ou transplantado; se sua permanência no local for superior a 7 dias e inferior a 6 meses; se o local estiver situado em altitude inferior a 1000m; se a viagem ocorrer próxima ao término ou ao final da estação chuvosa; se for dormir ao ar livre, em acampamentos barcos ou em habitações precárias sem proteção contra o mosquito; se no local não tiver acesso a serviços de saúde em menos de 24 horas; se você atender uma ou mais das situações de risco acima procure um profissional de saúde para avaliar a indicação de quimioprofilaxia.